Mês pátrio no Peru


Da série: MEMÓRIAS 


Este mês (sim, o mes todo) é pátrio. Aqui dizem que somos muito patriotas no Brasil. Eu acho que um pouco, costumo dizer que somos mais ufanistas que patriotas. Mas dessa vez o lance foi mais forte porque os moleques, quando nasçam, terão dupla nacionalidade. Tenho ao Peru um amor incondicional. Foi ele quem me deu abrigo, comida, uma segunda família, me deu uma cama limpa para dormir, amigos incríveis, viagens incríveis e uma esposa incrível com bebês titânicos. Obrigado, Peru, amo-te.

 

Sigam-me os bons

Os escolhidos

Os escolhidos
Sim, porque eles nos escolheram.

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1976 em São Paulo/Brasil - Brasil. Vivo em Lima/Peru. São-paulino, jornalista e pai de Zoe, minha amada filha com minha doce Katy, peruana de Lima. Sou um cara que escreve sobre experiências, crônicas e tudo que se relacionou com a gravidez múltipla dela e crescimento da filhota. Na semana 34 tivemos a ida de Mateo de volta ao paraíso. Zoe ficou para ilustrar nossa vida num 29/10/2013 e nasceu com 36 semanas. Uma prematurinha linda que cresce saudavelmente.

Seguidores