8 meses. 1 ano de blog. Tchau.


1 ano de blog. 9 de julho de 2013-2014

Eu pus como meta deixar aqui registros (já estão), aprender (nunca se deve parar de aprender, mas vou migrar a outra proposta em breve). Nossa filha tem aqui uma lista de memórias minhas... Fiz amigos por aqui (digo isso de todos). Aprendi muito...

Comecei com os pais (os seres de cueca que suam o lombo também)... Passei para as gestantes, as tentantes, desejantes (que todas vocês sejam abençoadas)... Os sites de segurança infantil, as revistas especializadas, os fóruns, tudo o que se possa imaginar para falar de filhos.

Mas aqui estão situações e emoções que dão com pau no coração mais sensível.
E como os bebês, etapas são queimadas.



Hoje Zoe tem 8 meses e 10 dias. Linda, saudável e feliz até a ponta dos cabelos. Graças a sua mãe e família aqui do Perú. O pai também conta, né?! (risos).
De aqui a 4 meses, será 1 ano dela. Das coisas que lemos na web, temos um crescimento "relax" hehe
- nunca ficou doente
- somente chora por fome, sede ou sono
- vai no colo de qualquer pessoa
- ama animais
- não teve alergias (somente alegrias rs)
- dorme toda a noite (e somente fez #2 duas vezes durante a madrugada)
- dorme no carro e ama a janela
- ama sair
- nunca teve febre devido a vacinas ou tempo frio
- come de tudo
- canta as músicas de Frozen e se emociona com a Galinha Pintadinha
etc...


Melhor eu parar de escrever no ENPM, senão mudo de ideia rs
Uma existência cheia de paz, harmonia, saúde e din-din para a viagem da molecada com os pais hehe.

Um cafuné especial pros amigos do Zazap. S2






Trilha
Hey Thats No Way To Say Goodbye - Leonard Cohen


(a versão ao vivo em Londres é a mais linda!)


"filma eu, Galvão" (Zoe)



Cheguei ao Peru em 2006. A meses da 10a. Copa do Mundo a ser disputada na Alemanha (Fussball-Weltmeisterschaft Deutschland). Katy e seus amigos estavam animadíssimos com o evento e de praxe, nos reunimos para assistir aos jogos. Eu não ligava muito para a Seleção, mas eles eram minha feijoada do sabadão, eram um pouco do Brasil aqui no Peru e eu estava emocionado. Novamente tomamos um vareio da França e eu, caí aos prantos porque ali se cortaria o barato e eu ficaria “órfão” do meu vizinho Brasil. 

Oito anos depois, e eis que o Brasil é anfitrião da copa. Em meio a problemas sociais, abracei a Copa novamente.


Acompanhei as classificatórias e o Katy estava grávida. Brasil, por ser sede, já está na Copa, mas eu tinha meus 50% vidrados no Peru. Seria um sonho que meus filhos (na época eram múltiplos) tivessem suas fotos de ambos países. Assistimos a um eletrizante empate de Peru 1 x 1 Argentina no Estádio Nacional. Mas não “chegamos”. (Ah, Pizarro... Valeu, Zambrano). Mas o Brasil estaria, por ordem natural das coisas. E tínhamos que, através de fotos e vídeos, retratar essa parte na vida de Zoe. Comprei Fuleco, roupas verde-amarelas com o nome dela nas costas. Óbvio, ela não entende a festa, mas se diverte a beça.




PS: Esse jogo do Brasil contra o Chile foi para cardíacos. Terminei com calombo no pescoço quando o Julio Cesar tapou o segundo pênalti.












PS: Ontem Katy e minha sogra gravaram a Zoe balbuciar "papai".
Emocionante à flor da pele.


Trilha
Arrullo de Estrellas - Zoe

Sigam-me os bons

Os escolhidos

Os escolhidos
Sim, porque eles nos escolheram.

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1976 em São Paulo/Brasil - Brasil. Vivo em Lima/Peru. São-paulino, jornalista e pai de Zoe, minha amada filha com minha doce Katy, peruana de Lima. Sou um cara que escreve sobre experiências, crônicas e tudo que se relacionou com a gravidez múltipla dela e crescimento da filhota. Na semana 34 tivemos a ida de Mateo de volta ao paraíso. Zoe ficou para ilustrar nossa vida num 29/10/2013 e nasceu com 36 semanas. Uma prematurinha linda que cresce saudavelmente.

Seguidores