Tá amarrado!


Ai, mizifio!

Suncê num sabe, dois temas saltaram à minha mente... Quarta-feira passada trombei um caboclo aqui do trabalho a caminho do banco. Dizem que nos parecemos fisicamente (pense em dois corpinhos de 1.70 estilo jujiteiro) e ele estava a caminho de retirar umas fotos da filha dele que nasceu. Alesia, sua filha, tem dois meses, e eu tenho a Zoe de 40 dias. Ambos com filhas. Enfim, a coisa é que recordamos que em nossa infância, eu pelo menos, lembrar de quando éramos bombardeados com uma câmera em  passeios, visitas a casa dos tios e a infalível festa de aniversário. Yashika, Kodak e Fuji rondavam lá em casa (até hoje temos as câmeras em casa). Nessa época (romântica ou não) tínhamos de comprar o filme, enrolar (se não soubesse, tinha de aprender), comprar duas caixas de pilha (se fossem as alcalinas, tipo Duracell, uma dava para o gasto), dar um talento no estojo e rezar para cada foto sair dizendo: tá amarrado! Minha mãe era a única que dizia: "crianças, têm de posicionarem-se aqui", quando tinha de usar a luz natural e evitar que ficasse escuras. E o flash? E os olhos vermelhos?...

Depois de umas analógicas, tipo Zenith, comprei minha primeira digital, uma Sony Cybershot eu comprei com uns... Não lembro hehe. Mas foi mais ou menos com 20 anos... O que havia sobrado da rescisão de um trampo, comprei essa de 2.0 MP. Afemaria, a redenção... Mas o cabaço aqui tirava as fotos e depois diminuía no Photoshop para que entrem na memória do Compaq (nossa, aposto que você teve um desses de 2GB em casa como o primeiro da família) para não gastar o espaço do computador. Resultado, tenho minhas fotos mas com baixa resolução... Um zéruela-prego, não?

Então! Sem perder o foco, Jorge!
Antes as fotos tínhamos de rezar para que saiam... Quando iniciamos essa odisséia sobre gravidez, eu já estava lá, gravando e tirando fotos. Parecia uma mistura de Sebastião Salgado com o carinha do filme Atividade Paranormal de tanta gravação. Até que a mamãe também entrou no baile fotográfico com o telefone. Katy lotou a memória do telefone dela duas vezes. Os 16 GB foram para o espaço em 36 semanas. Temos muitas fotos... Imagine todas essas apps de fotografia e edição para telefones. Afinal, eram dois anjos que estava ali e nós mais babões que cachorro na frente dessa máquina que vende frango assado e assiste a gordura fazer tssss tsss tsss tsss na brasa...Resultado, comprei um HD de 1TB para guardar tudo aí. Não confie nos CDS, eles estragam mais rápido.

E vocês, como foram e vão com as fotos? Alguém no Instagram?



Lomography

Por meu aniversário, no mês passado, ganhei uma Lomo Action Sampler de meus amigos do trabalho (Omar, Andrés, Carlos e Thais (Thais é a madrinha de Zoe e trabalha comigo). Espero que eu possa tirar umas fotos neste fim de semana com uma analógica depois de anos... Vai ser super, uma Lomo é "mara" demais. Chiquenoúrtimo como diria uma amiga mineira. Posso contar uma piada de mineiro?
Um gringo passeia pelo interior de MG com seu Mercedes e bate no carro de um mineiro. Ambos descem para ver o estrago e o gringo: "Hello?". O mineiro: "Não, sómassôumpouquin"



 Bebês prematuros têm tratamento com música
Aqui ó.



Trilha
Carinho Bonito - Arturo Zambo Cavero & Óscar Avilés
Memory - Paul Mauriat 
Baracunatana - Aterciopelados

10 comentários:

  1. Nossa, por aqui também, é muita foto. Já disse pro marico que temos que fazer backup urgente. Já pensou perder tudo?!?
    E também quero fazer álbuns daqueles tipo livrinho, sabe?!? Tão bonitinho. O problema é espaço pra guardar tanta coisa... espaço físico... virtual!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Amigo, eu amo fotos. AMO! Tenho muitas dezenas em um pen drive, e sábado mesmo fui toda pimpona REVELAR 200 fotos! Aham. Gosto de pegar as fotos na mão, arrumar em álbuns, colocar em porta retratos e quadros na parede.

    Na minha infância não tive muitas fotos, quero fazer diferente com o João, sacou? Ontem mesmo tirei umas dele que são um arraso de lindas! credo, o piá é fotogênico que só!

    beijos família!

    ResponderExcluir
  3. hahahahaa, você é demais!!

    No começo eu estava salvando as fotos entre celular+computador, que começou a ficar pesado e eu decidi que deveria arranjar outra solução. Resolvi salvar em nuvens da internet. Não confio muito, maaaas... Tem o google drive, tem o picasa... E como eu não queria ficar publicando 20 fotos diárias dele na internet para os meus familiares de longe verem, criei o http://fragmentosdefrancisco.tumblr.com/ só para colocar as fotos dele.

    ps.: Instagram tá lá firme e forte! Me controlo no número de postagens de foto dele! haha

    Super beijo na família!

    ResponderExcluir
  4. Jorge eu adoro fotografia, mesmo não sabendo tirar aquelas fotos, admiro muito quem sabe, mas do meu jeito tento registrar os momentos das meninas, antes eu já registrava, mas agora cada virada de cabelo é um flash kkkk.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Jorge, esse assunto me fez lembrar de uma viagem que fiz com o meu marido - na época éramos namorados - e o filme não rodou e não tivemos os nossas fotos registradas!! Chorei taaaantoooo...mas, a viagem ficou na memória..eu tenho instagram!! Ahahahahahaha...adorooo!! Ahahahahahaha myriamrachelscotti
    P.S.: presentaço que vc ganhou, hien?!

    ResponderExcluir
  6. Jorge, eu amo fotografia! E maridex ama também! Temos HD externos lotados de fotos, e depois da Sementinha nascer teremos que providenciar mais espaço para as milhares de fotos que tiraremos. O mais legal são as fotos comprometedoras, aquelas dos bebês peladinhos ou das crianças de 2 anos fazendo arte. Daí guardamos e deixamos pra mostrar pros namorados/namoradas dos nossos filhos, rs!
    Ah! Posta mais fotos da princesinha Zoe!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Mano, sou fanático por fotografia e inclusive penso em me especializar, o problema é justamente o armazenamento. Antes, a gente guardava em caixas....hoje...discos virtuais. Não dá mais para acompanhar a velocidade dos cliques com as revelações. Já tenho 3 google drive e o flickr.
    Revelar tudo vai sair beeem caro...rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Oi!!! Eu sou do tipo maluca que revela e faz álbum de verdade!!! Confesso que tem coisa atrasada, tem fotos para revelar e algumas já reveladas esperando um álbum bonitinho. Escolho as melhores fotos e de vez em qdo me empolgo e revelo, faço álbuns daqueles que vem prontos tb, sabe? Mas claro que tem muita coisa no computador...
    Olha, to sumida mas to sempre lendo os posts viu? Os do Léo tb! Bjs
    Lilian

    ResponderExcluir
  9. J-e-s-u-s! Somos os maníacos da foto aqui em casa!
    Meu instagram tá bombardeado! Já andei até excluindo o app. Tipo rehab. Mas já voltei...romananaruna #mimadd
    Bateu uma nostalgiazinha besta de quando demorava um tantinho pra gente ir buscar as fotos reveladas <3
    Beijos!

    ResponderExcluir

Sigam-me os bons

Os escolhidos

Os escolhidos
Sim, porque eles nos escolheram.

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1976 em São Paulo/Brasil - Brasil. Vivo em Lima/Peru. São-paulino, jornalista e pai de Zoe, minha amada filha com minha doce Katy, peruana de Lima. Sou um cara que escreve sobre experiências, crônicas e tudo que se relacionou com a gravidez múltipla dela e crescimento da filhota. Na semana 34 tivemos a ida de Mateo de volta ao paraíso. Zoe ficou para ilustrar nossa vida num 29/10/2013 e nasceu com 36 semanas. Uma prematurinha linda que cresce saudavelmente.

Seguidores