O espermatozoide fundamental


Tal pai, tal filha

Se eu invertesse a ordem do título seria muita sacanagem, a tarefa é de ambos. Mas o espermatozoide fundamental é um truta muito do sabido. E de gente sabida devemos estar atentos. Quando eu observo a Zoe imagino esse pequeno grão de acrossoma e enzimas lutando entre milhões iguais a ela. Seu rosto é uma cópia em HD de mim, numa versão angelical e bonita. Antes que nascessem, eu pedia que fossem como Katy, porque eu me acho meio modelo Quasimodo do Castelo de Grayskull.. Enfim, minha bergamota com perninhas (ela tá meio ruiva, mesmo) tem a casca do papai aqui e o miolo da mamãe. Já se notam algumas semelhanças. E seguimos já com 11 dias dormindo a noite toda... E quando ela acorda é uma alegria só, rapeize... Ela sorri, tenta falar, se move toda... Depois de 5 minutos se ouvem as trombetas da fome: ueeeeeeee!! Toma seus 60 ml matinais que podem chegar a 120 ml (Tamires, obrigado por explicar as onças! Muito obrigado!). A boquinha dela formou um coração. hehehehe

Desejo a que todos (pai também gera, né!) possam ter, sentir, gerar, conceber e cuidar de seu espermatozoide fundamental. Ou no plural...


"Até no lixão nasce flor"

A frase acima é do Mano Brown dos Racionais... O Brown sempre é citado nas paletras do Eduardo Suplicy e se puderem, assistam a uma dele, é supimpa. Então, o Brown uma vez disse que se pudesse mudaria o nome do grupo para Os Emocionais, porque para ele, o ser humano é mais sentimento que razão. Quando eu me emociono eu caio nas lágrimas, tipo o Oscar no Pan de 87. Da mesma forma em que assusto com o dark side desse planeta em que vivemos e seus discipulos do apocalipse que ferram a vizinhança por aqui. Nossa mente é mesmo uma arma, não? Ainda mais se tivermos a receita do negativismo... Juntando tudo num patchwork de más energias...  No meu paroxismo sobre ter ou não filhos, a ideia de trazer um ser indefeso devia-se a todos meus medos sobre o futuro de nosso planeta... Todos os dias leio sobre as temperaturas gélidas que forram os EUA e do calor capaz de fritar um ovo na Avenida Paulista em São Paulo... Assistam a isso: Spooky Ice Invasion... Fiquei aterrorizado... Agora explica isso para a molecada... E eles não são tontos, menos ainda nos dias atuais...

Mas assista a esse vídeo aqui também: The Is Still Time. Pode mudar. Ou não. Ainda há como mudar nossa conduta para mudar o planeta. A música "Losing My Religion" do REM não faz relação com religiao, mas sim com a expressão "perdendo a fé". E esse video ainda me ajuda a ter fé em um lugar melhor para nós, nossos filhos e todas as pessoas do mundo. A todas, mesmo. Seja quem for.


Ah!

Lilian, Ofner é certeza hehe. Minha esposa gosta de fazer tours de coxinha, mas a da Ofner é a preferida hehe. Quero levá-la ao Veloso. Torresmo, então... E qualquer coisa com catupiry!
Agora, se quiserem ir conosco ao Rio, bora! :D


E observem a estas fotos, quem são? Não vale buscar pelas imagens do Google!










Trilha
Depois da Queda o Coice -  Os Paralamas do Sucesso
I Feel i'll Float Away -  Suede
Pur -  Cocteau Twins
O Adventista -  Camisa de Vênus (a versão de ao vivo de 88 em Santos é fantástica)



  

13 comentários:

  1. Que bebê lindoo!! *-*
    Sabe que até um ano atrás eu não queria filhos. Olhava o mundo e pensava em como ter filhos nesse lugar. Hoje penso diferente, penso que alguém precisa fazer o mundo diferente, então que sejamos nós, pessoas de fé que acreditam na mudança.

    ResponderExcluir
  2. Que biquinho mais lindo da Zoe :)

    Realmente amigo dá medo de colocar filhos neste mudo louco, mas as pessoas do bem, não podem se esconder, quem tem que ficar fora de circulação são as pessoas que não querem fazer o certo.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não me canso de dizer que Zoe é linda, perfeita!!!!!!
    Ultimamente, depois da situação que estamos (maridex e eu) enfrentando não penso mais que nessas coisas tenho pensado que vou fazer minha parte tendo filhos e educa-los pra melhorar o mundo =)
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. hahahahahahahahaha ... Adorei seu post !!!

    Meu marido diz que a Giulinha é a versão feminina dele, porém mais bonita !!! rs....
    Eu preferia que ela tivesse puxado a mim nos traços físicos e ao pai no gênio ... mais não ... ela foi puxar ao pai e agora eu tenho uma voluntariosa geniosinha para dar conta (igual a mãe). kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

    Beijinhos !!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Vi esse coraçãozinho no Instagram e fiquei apaixonada! Que coisa maaaaaaaais fofa máxima máxima!
    Engraçado, eu nunca tive a dúvida de trazer filho ao mundo, acho que desde pequena eu sei (sim, não acho, eu sei!) que ele vai melhorar. E não a toa, nossos filhos farão parte desse processo! :DDDD

    ResponderExcluir
  6. Adoro muito identificar características minhas ou do pai no meu filho...é muuuito bom!! Há vezes que não sei se sou eu ou se é ele...acho que ainda permaneceremos um só por muito tempo...
    Pausa para admirar o biquinho de Zoe...aff!! quanta lindeza!!
    Ok, não identifiquei as pessoas das fotos...diz aí!! HAHAHAHAHAHAHHA

    ResponderExcluir
  7. Amigo, esse mundo tá doido, doidão mesmo, eu também morria de medo, e como já disse antes, as vezes tenho vontade de engolir o João e cuidar dele aqui, dentro da minha pana novamente... mas espero estar fazendo minha parte, criando um homem de bem, que se Deus quiser vai mudar alguma coisa, nem que seja apenas na casa, na volta dele.

    Zoe, sua gata, tu me mata de tanto amor!

    Ah, o batizado... tu vai ver meu post semana que vem... acho que vou ser barrada da blogosfera!

    Beijos família, adorei o bergamota de perninhas!

    ResponderExcluir
  8. Muito linda! que boquinha fofa!
    Aqui, Nina puxou a casca do pai, ou da família do pai, e à personalidade também.
    Será que ainda terei chance de ter outro parecido comigo? kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Boquinha mais linda da Zoe!! Um encanto!!!

    ResponderExcluir
  10. Zoe parece contigo? Que fofuraaaaa! <3 E que foto delícia! Muito lindinha essa boquinha de coração! Quanto às fotos, não consegui identificar ninguém! kkkkkkkkkkkkkk
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Oi Jorge!
    Enquanto por aí é tal pai, tal filha, na versão baby...aqui temos já na versão kids rsrsrs Milena é a cara do pai...é o que todos dizem e já até me acostumei. Mas os comportamentos dela, são bem variados e adoramos identificar com quem parece tal ação dela rsrsrs
    Ah! Eu também não consegui identificar quem são nas imagens...
    E o biquinho de coração de Zoe, muito lindooo!

    Beijos,
    Larissa Andrade.

    ResponderExcluir
  12. Medo, medo, medo desse mundo! Mas tenho fé na nossa geração (?) e mais fé ainda na geração dos nossos pequenos. Será que estamos aprendendo? Ou teríamos é que ensinar?

    Zoe, princesa mais linda! Vendo esta foto, é difícil acreditar que você seja o modelo do Quasímodo! Hahaha!

    Ah! Eu morava a alguns quarteirões do Veloso até o ano passado, a melhor coxinha de São Paulo. Foi devido a eles que aprendi a comer pimenta, aquele molhinho delicioso que eles fazem. E a caipirinha de carambola com manjericão de lá? Huuuuuummmm!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Moro perto do Veloso! Será uma viagem pelo mundo das coxinhas!!!

    ResponderExcluir

Sigam-me os bons

Os escolhidos

Os escolhidos
Sim, porque eles nos escolheram.

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1976 em São Paulo/Brasil - Brasil. Vivo em Lima/Peru. São-paulino, jornalista e pai de Zoe, minha amada filha com minha doce Katy, peruana de Lima. Sou um cara que escreve sobre experiências, crônicas e tudo que se relacionou com a gravidez múltipla dela e crescimento da filhota. Na semana 34 tivemos a ida de Mateo de volta ao paraíso. Zoe ficou para ilustrar nossa vida num 29/10/2013 e nasceu com 36 semanas. Uma prematurinha linda que cresce saudavelmente.

Seguidores