Mudas, telepáticas



Quando criança, soava ser uma brincadeira inocente as piadas sobre o Ney Matogrosso. Não havia essa conotação tão sexual-humilhante que muitas pessoas usam atualmente sobre homens que se vestem de mulher, menos sobre drag queens e muito menos dos homossexuais quando eram (ainda são) alvo de comentários tão discriminatórios entre a família ou amigos. Somente não eram mencionados. Estamos falando da saída de minha infância e entrando na adolescência nos fins dos anos 80.
Mas eu cresci com a imagem do Ney Matogrosso e as piadas que eu assistia em Os Trapalhões ou programas de humor. A piada vencia a arte. Ney é um artista de outro mundo, uma pessoa que encanta por sua arte e eu perdia essa evolução. Crianças mudas. Ney era motivo de risadas na escola. Era música de palhaço. Ninguém me mostrava seu lado cultural, um contratenor de mão cheia, uma das melhores vozes do Brasil. Mas não, na minha mente criaram a imagem do cara que desmunhecava até que eu conhecesse a pessoa ímpar que ele era.


Na escola, normal até o primeiro colegial.

Recordo claramente nos anos 90, um cara que veio com frente-única no colégio. 
Os heteros no colégio passavam o dia brigando ou jogando futebol.

Já no exército... 

Na rampa do quartel do Cambuci, um carinha subia com as mãos no tórax e e se notavam os implantes mamários. Eu pensava, uma pessoa com 17 anos ter essa coragem e eu bundão e nerd. 
Na hora da seleção, o militar foi incisivo:
- quem aqui são pederastas?
Pausa. 
Eu cresci ouvindo que pederastas eram pessoas ruins por estarem ligadas a perversão ou atos entre adultos e menores de idade, isto é, pedofilia. Mas nesse momento, o Código Penal Militar os punha em um paiol por sua escolha de ser?
Seguimos.
Pelo menos 1/5 de um montão de jovens com quase 18 anos, levantaram a mão e foram separados de nós. Telepaticamente se uniram entre si e foram excluidos de nós.
Ato seguido, o militar:
- quem aqui tem parentes nas forças armadas ou policiais?
Para estes, eram encaminhados a uma sala onde seus pais já os esperavam. Estes os abraçacam, recebiam seu "cam" (certificado de alistamento militar) e saiam sorrindo. Um deles, recordo que até mostrou o dedo do meio para nós como se dissesse "se fod*ram".

Ah, os que se levantaram ao dizer que eram pederastas, tinham em seu certificado um selo de pederastas... Em que mundo vivemos...

Na Alemanha, foi criada uma cartilha para ensinar as crianças sobre o homossexualismo. Mara!
E esse Feliciano enchendo o saco, hein...

Uma parcela de jornalistas, escritores e apresentadores de TV são vistos aqui na TV do Peru. Na TV, jornais ou livros, têm muita influência.

72 países consideram o homossexualismo como um crime. Atenção para os casos abaixo:
- Pena de morte: Afeganistão, Arábia Saudita, Iémen, Irão e Sudão.*
- Chicotadas: Chipre*
- O Brasil é campeão mundial de assassinatos contra homossexuais.**
- "Alguns líderes africanos chegam a dizer que a homossexualidade é não-africana".***
Fontes: 
*ILGA (Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais).
**Grupo Gay da Bahia (GGB)
***O Globo



Zoe, seja qual for sua escolha, sempre estaremos com você. Em toda e qualquer situação.



A Cápsula do Tempo Plagiada

Sim, copiei a ideia do mafrend Leo e vou fazer a minha para Zoe.
Abaixo estão as artes do convite de Zoe. Eu fiz a carinha dela com as asinhas de anjo :).



Trilha
Rubens - Cassia Eller
Love Letters - Ketty Lester






18 comentários:

  1. Também penso assim, seja qual for a escolha da minha Ninoca. Sempre vou amá-la incondicionalmente! SEMPRE!

    ResponderExcluir
  2. Com certeza irei amar minhas meninas independente da escolha sexual delas. Jorge o que mais colocou na capsula da Zoe, além da imagem?

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Todas as pessoas devem ser amadas e respeitadas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Amei a imagem, e o nome completo da Zoe tb. ;)
    Lembro que na escola, por ser uma "menina grande", eu meio que defendia as minorias. Haha
    Recentemente encontrei um amigo que foi muito ridicularizado durante a infância, estive ao lado dele por anos, e ele se mostrou muito superior a tudo que sofreu. Um grande homem e um exemplo de vida, que em nada se altera por sua orientação sexual. Pena que nem todos tem essa força de ressurgir das cinzas, pena que nosso mundo ainda não esteja preparado para lidar com aqueles que não são iguais. Afinal, ninguém é igual.

    ResponderExcluir
  5. Sempre vou amar meus filhos tb... As escolhas deles não mudam as pessoas maravilhosas que eles são! :)

    Zoe linda!!! Até de nariz de palhaço parece um anjo! :)

    ResponderExcluir
  6. Seja qual for a escolha da minha pequena ... quero que ela seja feliz !!! É isto que me importa !!

    Gostou mesmo da ideia ??? Que legal !!!!!!!!!!!!!!!! Eu tb vou fazer para dar de lembrança para os adultos (mulheres). Acho que dá para fazer algo mais clássico e que elas possam usar depois.

    Olha, peguei mais algumas dicas aqui. Ela ensina melhor a usar as tintas ... evitar de borrar do outro lado e etc....

    http://casacomamor.com/2014/01/11/carimbando-com-macas-um-carinho-para-as-profes/

    E aqui, ela ensina a fazer seus carimbos personalizados !!! Ela fez a festinha inteira da filha com os carimbos que ela mesmo fez !!! Apaixonei !!!

    http://casacomamor.com/2013/08/23/como-fazer-carimbos-personalizados/

    Se precisar de ajuda para alguma coisa, me fala que tento ajudar vc !!!!

    Beijinhos para os 3 !!!

    ResponderExcluir
  7. Ai que preguiça desse mundo atrasado que a gente ainda vive.
    Zoe tem sorte :D


    E carãn, morrendo de amores pelo convitinho! Muito fofo! Ela ficou idêntica! (sofrendo por não ter esses dons, hahaha)

    ResponderExcluir
  8. Sabe que outro dia, numa conversa com minha avó (os antigos também são muito racistas!), ela me pediu que aconselhasse uma prima a não morar com o namorado antes de se casar (!). Eu, calmamente, disse "minha vó, deixa a Carol fazer o test drive. Se não for o que ela quer, depois cada um vai pro seu canto. E se assim for, não seria pior casar e depois descasar?". Minha vó continuou na opinião dela "mas meu Deus! Como as coisas estão hoje! Já pensou quando for com Elis?". Eu respondi "quando for com Elis, ela vai fazer como ela quiser. Inclusive se o marido que ela escolher for uma mulher...."; resposta: um sonoro "Ave Maria!".
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ai, que orgulho de ser sua amiga!! Rá! Que mais homens pensem como vc!! Seja qual for a escolha de nossos filhos, que estejamos com eles e por eles, sempre!!
    Linda arte do batizado da princesa!! Nem poderia ser diferente...queremos fotos do evento! Já me sinto parte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S.: uma das coisas mais marcantes na minha vida foi ter assistido ao show do Ney com meus pais no finado Canecão no RJ!! Desde aí, virei fã e olha que eu só tinha 6 ou 7 anos...

      Excluir
  10. Jorge, to meio sumida do meu blog e dos blogs dos amigos. Perdoa eu?! É uma soma de preguiça + dor nas costas + ter que arrumar o quarto da Sementinha + em breve teremos visita da sogra em casa. Sobre o post anterior, a Zoe tá linda! Encantando sempre!
    Eu sou casada com um cara bem liberal, moramos numa das cidades mais liberais dos USA, inclusive, o Estado de Massachusetts foi o primeiro aqui a legalizar o casamento gay. Já conversamos sobre o assunto e o que importa é ver nossos filhos felizes. Torço pra que a sociedade brasileira mude, para que as pessoas sejam menos preconceituosas com relaçao aos gays, sejam eles meus filhos ou filhos de outras pessoas.
    Beijo, Rita

    ResponderExcluir
  11. Acho que meus pais sempre foram pessoas muito a frente de seu tempo... com eles eu aprendi a respeitar a todos independentemente de qualquer coisa! Eles sempre acolheram as minorias e sempre se levantaram contra todo e qualquer tipo de preconceito.
    Ps:amei a arte do convite da pequena!!! Ficou um encanto!!!!Abraço!!!!

    ResponderExcluir
  12. Concordo totalmente Jorge. Engraçado que eu e a Yara estávamos conversando sobre isso esses dias, e no mesmo dia meus pais nos deram uma carona pra algum lugar, no carro eles disseram que não tinham preconceito - contanto que não fosse filhos deles.

    Acredita que torci para que dissessem netos e incluíssem o Ulisses nessa, só pra eu quebrar o pau? O preconceito velado e hipócrita é o pior tipo. Amo meu filho como ele é e vou respeitá-lo seja qual foi o caminho escolhido. :)

    Parabéns! E vou ver essa idéia de Cápsula do Tempo, vai que copio também. :P

    ResponderExcluir
  13. Meus pais tinham o disco dos Secos e Molhados (o antológico). Eu ficava cismada com a voz do Ney, como ele conseguia atingir tais timbres? Meu irmão me contou a história da Rosa de Hiroshima, entre as de outras letras do grupo, o que só fez crescer minha admiração. Ney é realmente um artista, uma pessoa que atrai meu fascínio. Quando ele canta "sou homem com H", me encho de orgulho, de tê-lo como expoente de uma "humanidade com H". Precisamos de muitos Neys nesse mundo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Tô contigo!
    Zoe tem sorte e será feliz, sem dúvida!
    Bjsss nos 3!
    Chris dos mosqueteiros

    ResponderExcluir
  15. Quanto perdemos (ou melhor, perdem eles - essas mentes atrasadas e preconceituosas) por julgamentos equivocados, não? Viva a diversidade e respeito! Assim como você, amo meu filho por quem ele é, independente do que seja.

    Linda a fotinho da Zoe! Meu pai tem sobrenome Lins também!

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Gostei da reflexão, pensamos da mesma forma. E também demorei para reconhecer o artista do Ney Matogrosso.
    Linda, linda a arte com a Zoe. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Ótimo texto.

    Depois me conta como você faz essas artes. Você desenha à mão e passa pro computador ou faz direto no computador? São muito boas.
    Bjos

    ResponderExcluir

Sigam-me os bons

Os escolhidos

Os escolhidos
Sim, porque eles nos escolheram.

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1976 em São Paulo/Brasil - Brasil. Vivo em Lima/Peru. São-paulino, jornalista e pai de Zoe, minha amada filha com minha doce Katy, peruana de Lima. Sou um cara que escreve sobre experiências, crônicas e tudo que se relacionou com a gravidez múltipla dela e crescimento da filhota. Na semana 34 tivemos a ida de Mateo de volta ao paraíso. Zoe ficou para ilustrar nossa vida num 29/10/2013 e nasceu com 36 semanas. Uma prematurinha linda que cresce saudavelmente.

Seguidores